07/04/2016

Concurso para delegado da Polícia Civíl gerou polêmica

O edital do concurso para delegado da Polícia Civil de Pernambuco, que foi divulgado no último dia 05, gerou polêmica. Foi questionado pelos candidatos um dos itens que compõem os requisitos básicos para inscrição que é a exigência de experiência por no mínimo três anos na área jurídica ou na atividade policial. A surpresa aconteceu porque a Secretaria de Defesa Social (SDS) havia garantido que isso não seria cobrado já neste concurso.

Ano passado, o governador do estado de Pernambuco sancionou uma lei complementar exigindo que os aprovados em concurso público para delegado tivessem a experiência mínima de três anos em atividades jurídicas ou policiais. A publicação destacou ainda que a lei teria efeito imediato, ou seja, já válido a partir do próximo concurso.

Leia mais:
>Procissão da Festa de Nossa Senhora dos Prazeres leva milhares de fiéis às ruas
>Confira o novo itinerário das linhas que circulam noTerminal Integrado (TI) de Prazeres
>Site oferece mais de 80 oportunidades de trabalho para Jaboatão dos Guararapes
>TCE julga regular show de Cláudia Leitte em Jaboatão

Alguns concurseiros começaram a se articular para entrar com uma ação na justiça para que o edital seja revisto. Veja abaixo o edital para o cargo (clique na imagem para melhor visualização):